domingo, 16 de abril de 2017

METAMORFOSE - #MensagemdeOtimismo


Assim como a borboleta, precisa passar pelo processo de metamorfose para sobreviver, nós humanos, precisamos aprender a ser flexíveis e nos prepararmos para imprevistos e mudanças que podem ocorrer na nossa vida.
Ás vezes, o processo é fácil e rápido.
Porém, outras vezes é doloroso e difícil, requer esforço, dedicação e paciência.
De qualquer forma, o que menos importa é a situação.
O que vale mesmo, é a disposição para aceitar que as transformações podem servir sempre como uma boa lição de vida.
Portanto, tenha sabedoria para aproveitar cada momento e retirar os ensinamentos necessários para seguir em frente.


BIS - #DicadoDia


"BIS, para todas as coisas boas da vida.
Se a vida é uma caixinha de surpresas,
sejam elas boas ou desagradáveis,
devemos estar preparados para reagir da melhor forma.
Ás vezes, ficamos retardando a felicidade por medo.
Medo do que vão dizer,
do que vão pensar,
do que pode acontecer, enfim pelos mais diversos motivos.
Mas, não se esqueça, a vida é sua e
somente VOCÊ pode torná-la suficientemente boa,
para ter do que rir, se emocionar e
mais tarde, ter histórias para contar e recordar.
Fundamental é viver cada dia intensamente.
Então divirta-se e não tenha medo de ser feliz e pedir BIS."

sábado, 1 de abril de 2017

Show de bizarrices!

Não sou uma telespectadora assídua de programas de TV.
Entretanto, sou conectada e procuro me manter informada com diversos assuntos.
Aprendi a importância de estar sempre me atualizando, durante a faculdade de Psicologia e também na época em que fazia análise. Minha terapeuta dizia que como profissionais, nós precisávamos estar em dia com as notícias, mesmos as mais populares ou aquelas que não faziam parte do nosso repertório diário. Isso era fundamental para entender o funcionamento mental de nossos clientes.
Pensando nisso, escolhi tecer minha opinião acerca do BBB 17.
A ideia de reality show, não deixa de ser interessante, se avaliada sob a ótica da compreensão das relações humanas.
É o tipo de programa que serve para retratar a convivência e como as pessoas se posicionam para garantir chegar à final e conquistar o prêmio.
Como telespectadores, formamos nossa opinião baseada no que assistimos, ou na edição realizada pelo programa e acreditamos ter o poder de controlar quem merece ser o (a) vencedor (a).
Enquanto lá dentro existem os conflitos entre os participantes, aqui fora, há a angústia e torcida pelo nosso (a) favorito (a).
Deixando de lado as peculiaridades e características próprias de um reality show, talvez o maior aspecto a se levar em consideração é justamente a questão de quem seja realmente o grande vencedor de um programa como esse: a estrela que brilha a qualquer custo ou a pessoa que mantém seus valores e caráter intactos?
Seria óbvio responder que a segunda opção é a correta.
Todavia, não é assim que geralmente acontece...
Li hoje (e concordo) que: “A verdade não pode nunca ser tratada como uma questão de merecimento, porque ela é sempre uma questão de caráter”.
Por essa razão, quando vi alguns comentários sobre quem deveria sair do BBB 17 no 9º paredão, sendo a disputa entre Emilly e Daniel, dizendo que ele era apenas uma planta e, portanto, merecia ser eliminado, logo cheguei à conclusão que entre uma planta, que é inofensiva e uma pessoa que demonstra ser totalmente intolerante, dissimulada e sem o mínimo de moral, eu preferia manter o Daniel na casa e colocar a Emilly na rua da amargura...
Ledo engano de minha parte. O Brasil votou e escolheu exatamente o contrário.
Diante disso, só posso lamentar tamanha barbaridade...
Para mim, é mais nocivo conviver com uma pessoa sem caráter e inescrupulosa, do que com alguém que se comporta como um coadjuvante como disse Tiago Leifer, ao anunciar o resultado do paredão.

Postagem em destaque

METAMORFOSE - #MensagemdeOtimismo

Postagens + visitadas